Archive | dezembro, 2009

Qual é o melhor “frozen yogurt”?

2 dez

A mais nova surpresa do verão é o frozen yogurt. Alguém aí já experimentou? Trata-se de um iogurte não engordante com aquela deliciosa textura do sorvete. É uma ótima pedida para encarar esse calorão sem ganhar uns quilinhos a mais.

A primeira vez que experimentei o iogurte foi na Yogoberry, mas aqui no Rio há outras duas lojas que vendem o produto, a Yoggi e a Yogolove. E é claro que a Magalice fez questão de devorar o produto em cada uma delas apenas para realizar sua pesquisa comparativa! rsrs

Além do sabor natural, em todas as lojas há outras opções de iogurte. Chá verde (argh!) na Yogoberry, jabuticaba e misto na Yoggi, diet e frutas vermelhas na Yogolove. Para não misturar muito com o sabor dos toppings (acompanhamentos que você escolhe para colocar no iogurte, como morango, gotas de chocolate, nozes e etc), prefiro o natural. Na Yoggi é possível provar os sabores e até os toppings antes de escolher. Nas outras, os atendentes nunca me deram essa oportunidade (deve ser porque até na minha testa está escrito MAGALICE! rsrs). Sem dúvidas, a Yogoberry e a Yoggi têm os melhores iogurtes com sabor natural. Azedinhos na medida certa, combinam bem com todos os toppings.

As três lojas possuem uma grande variedade de toppings: frutas, chocolates, caldas e outras guloseimas (jujuba, marshmallow, etc). Como sou naturalmente “clássica” (leia-se: repetitiva), fico na tradicional calda de morango com muitos morangos! rsrs Mas hoje estive na Yoggi e me apaixonei pela calda de Amarena, que é uma delícia e só tem lá! Aliás, nesse aspecto a Yogoberry deixa um pouco a desejar: tem poucas opções de caldas. A Yogolove tem até caldas diet, de morango e outros sabores.

Um “detalhe” negativo em relação a todas as lojas é o preço salgado do produto. Um iogurte de tamanho médio custa R$ 8 e, com a adição de três toppings, mais R$ 2. O total da brincadeira é de R$ 10. Vale a pena pelo sabor, e pela redução das calorias também, mas infelizmente não é um prazer para todos os dias.

Minha última palavra é: provem!!!
O melhor iogurte é o seu! =D

Atualização: Na última semana (12/1) conheci a Yogo Cream, no campus da PUC-Rio, na Gávea. A loja têm três sabores de iogurte: natural, frutas vermelhas e misto. Gostei do último. Só não gostei nem um pouco do atendimento. Agora, cá entre nós, tem que ser muito CDF para ir na facul em plenas férias, debaixo de um solzão carioca… O frozen yogurt com sabor de morango da Bendita Fruta foi devorado ontem à tarde (17/1) sem toppings porque o aspecto das frutas não era nem um pouco convidativo. Além disso, esta foi a minha terceira visita à loja e pela terceira vez eles não tinham morangos nem kiwis.. 😡

Beijokas e pipokas,

Magalice

r

Antes tarde do que nunca

2 dez

Depois de morar seis meses sozinha no Recreio, repensei minha decisão e voltei para a boa e velha casa do meu pai. E antes que me atirem pedras, por favor, me permitam explicar.

Apesar de curtir o momento único que vivi, de muita liberdade e independência, percebi que o preço disso é muito alto. E não falo apenas das contas e do aluguel, mas também das responsabilidades e das mudanças de hábitos que essa nova vida exigiu de mim. Desde que me entendo por gente, ouço meu pai dizer que toda casa possui uma espécie de engrenagem que só funciona com a colaboração dos membros da família. E só agora – é vergonhoso, eu sei, mas antes tarde do que nunca – percebi isso. Realmente as coisas não acontecem magicamente à nossa volta. As roupas sujas não vão parar no cesto por telepatia. As prateleiras do quarto não nascem coladas na parede. O banheiro infelizmente ainda não possui tecnologia autolimpante e a carne não se descongela sozinha te esperando para o jantar.

E por falar em jantar, nessa aventura solitária a Magalice conseguiu se virar muito bem no comando do fogão. Como resultado, vocês terão o prazer de ver aqui no blog muitas receitas caseiras, super práticas, para salvar os seus dias.

O que posso ainda dizer é que morar sozinha foi uma ótima experiência. Mas, por enquanto, o melhor mesmo é ficar bem perto da minha família. Se você, no entanto, julga ter condições para isso, não tenha medo de se arriscar. Ótimas surpresas esperam por você.

Beijokas e pipokas,

Magalice