Tag Archives: Trabalho

iReporters discutem o futuro do portal colaborativo

26 mar

Estava acompanhando um chat promovido pelo iReport com o objetivo de conhecer o que os usuários desejam ler no futuro. Se iReport soa como grego para você, saiba que o portal colaborativo da CNN ainda não é popular no Brasil.

No iReport, as notícias são publicadas pelos usuários do site. Não há edição, controle ou checagem dos fatos. Apenas as histórias marcadas como “On CNN” foram aprovadas pela rede para utilização na cobertura jornalística da CNN.

O que a CNN batizou de “site user-powered” o mundo classifica como Jornalismo Cidadão. No bate-papo desta tarde, um comentário me fez perceber que o reconhecimento do trabalho dos usuários é um item básico para pensarmos em conteúdo colaborativo na web: um dos iReporters que contribui com conteúdo exclusivo de Jerusalém, em Israel, informou que “era desconcertante notar que seu país não aparecia, à primeira vista, nos mapas do iReport”. Isso nos mostra que uma falha aparentemente tão trivial pode tornar negativa a experiência do usuário com um site.

 

ÚLTIMAS FUTILIDADES

# Hoje é dia de festa aqui na Globo.com. A empresa completa 9 Anos de vida, distribuindo chocolates e brindes para dividir o sucesso com todo  time. Parabéns!

# Recebi minha carteira de trabalho hoje. Isso significa que logo será possível abrir a conta no Itaú para ganhar minhas jujuba$! U-hu

# Estou com vontade de comer pizza. Muuuuuuuuuuita pizza!!

 

PENSAMENTO DO DIA

 

Beijokas e pipokas!

Anúncios

É hora de dar tchau!

25 mar

São 19h aqui na Globo.com. Do nada, um computador começa a tocar aquela musiquinha do Tiny Toon. Na tela, a mensagem: “Vaza, galera!”. hauhauauha AMO-MUITO-TUDO-ISSOOOOO!!!

Beijokas e pipokas!

Retrospectiva do sprint

25 mar

“Em dias de retrospectiva, a Globo.com fica completamente vazia. Todos os times se reúnem no auditório para bater um papo sobre o último sprint. Como não acompanhei essa rodada de trabalho, não participei do encontro. Fiquei a maior parte do tempo aqui sozinha e concentradíssima na pesquisa de um projeto futuro.”

ÚLTIMAS FUTILIDADES

# Não acordei muito bem hoje. Estou gripando aos poucos… =/

# E adivinhem o que ganhei do meu Príncipe? Uma linda mochila Targus – Blackpack Berry para levar o Noturno sempre junto comigo. A-DO-REI! ^.~

# Tá certo que nunca gostei de comemorar meu aniversário (29/3). Principalmente, por saber que as pessoas que convivem comigo não se importam em festejá-lo. Talvez se alguém se importasse, eu gostasse…

# Não consegui abrir a conta-salário no Itaú. Minha identidade está com a data de validade vencida. A carteira de trabalho ainda está com o DP. Não tenho como receber… Tákiiiiipa! =/

# Gente, gente, vocês já viram as meias-calças coloridas e estampadas dessa coleção Outono/Inverno??! Comprei uma roxa com bolinhas brancas super cute cute na Renner e outra absurdamente pink na Marisa. Ai, ai, ai… Eu preciso de toooooodas!

Beijokas e pipokas!

Um método mais que brilhante

24 mar

A entrevista de estágio para a Globo.com foi realizada numa sala de reuniões com um imenso quadro branco cheio de post-its. A minha santa ignorância deduziu logo: “Também teremos uma dinâmica de grupo?”. A risada foi geral e uma das entrevistadoras me ajudou a clarear as ideias: “Essa coisa aparentemente louca chama-se Scrum. É um método ágil de desenvolvimento de softwares”. Ahhhh, agora sim… Mas, gente, aquele matemático John Nash já fazia isso há anos! Não lembram do filme Uma Mente Brilhante?! A diferença é que ele escrevia nas janelas e paredes.

“Scrum é uma abordagem simples aplicada ao gerenciamento de tarefas complexas”. DANILO BARDUSCO – Globo.com

Pelo pouco que já aprendi, principalmente através do blog de Guilherme Chapiewski, pude perceber que com esse método é possível aumentar a produtividade das equipes, maximizar resultados e reduzir custos e burocracias. Comecei ontem o estágio hiper ansiosa para colocar a mão na massa.
FUTILIDADES URGENTES

# Gente, o que é o massageador de cabeça que estacionou na minha mesa?! Uma delícia: relaxa e faz sorrir! Não sei se é meu porque não rolou assim uma entrega oficial… rs Vou aproveitá-lo muito bem enquanto o verdadeiro dono não aparece. Acho que todo mundo aqui tem um desse, pois já vi em várias mesas.

# O que foi a minha “viagem” do Méier à Barra hoje? Put%que$pa*! Quase tive um piripaque por causa do lenga-lenga do 691.

# Hoje o Príncipe irá me entregar um presente de aniversário (29/3). É antecipado porque lá em casa todo mundo tem mania de dar presente antes da data… Somos muito ansiosos! Huauahua

# Eu juro que não vou mais na maldita lojinha de doces aqui do Città América. Ontem foram três pacotes de Mentos. Hoje, balas de coco, Sonho de Valsa e chicletinhos quadrados coloridos. A minha salvação é que não comi tudo… ainda.

# Preciso ir à faculdade, gente. Tenho que reunir forças para elevar o meu cosmo à potência máxima e, assim, acordar todo dia às 5h.
Beijokas e pipokas!

O golpe final

23 mar

Antes de mais nada, eu juro que o sumiço é perfeitamente explicável. E o motivo é apenas um: finalmente consegui reunir forças para dar um Cólera do Dragão na minha chefe. Elevei o cosmo à potência máxima, atingi o sétimo sentido e liberei o golpe, quer dizer, o pedido de demissão. Lamentando perder sua moleza no trabalho, além de todo tempo disponível para fofocas e intrigas, ela fez sua última tentativa: “Não tem como você pensar melhor nisso?”. Diante de sua fraqueza, fui obrigada a derrotá-la de uma vez por todas com o meu Dragão Voador, informando que aquele era o meu último dia de trabalho.

Quando saí da empresa, no início de março, ainda não tinha para onde ir. Foi um tiro no escuro, mas tinha certeza que sair de toda aquela energia negativa era um pré-requisito para que eu pudesse trilhar qualquer outro caminho. Após uma semana, a Globo.com me chamou para a vaga de estágio. Nem preciso dizer que isso foi um presentão de aniversário antecipado, né? =)

Na nova casa, terei grandes desafios, assim como nas casas de Contax, MJV, Full Pack, Itanhangá Golf Club, Efer, Video Clipping e Superclip. O maior deles, sem dúvida, é descobrir com o que irei trabalhar. No próximo episódio, explicarei isso melhor. Por enquanto, posso afirmar que me sinto hiper feliz e, finalmente, “encontrada”.

Ps.: Eu e o Príncipe estamos revendo todos os episódios do desenho animado Cavaleiros do Zodíaco. Já estamos quase chegando ao fim da primeira saga, a do Santuário. Ontem, meu preferido – o Shiryu de Dragão – iniciou sua luta mortal contra o Cavaleiro de Ouro Shura de Capricórnio. Isso significa que ainda virão muitos textos com expressões zodiacais. (Só porque não sou nem um pouco influenciável… rs)

Beijokas e pipokas!

“Arrume as minhas gavetas quando tiver um tempinho”

27 fev

O insolente pedido da chefe recebeu o mérito de acabar com o meu dia. E acredite: ela ficaria feliz em saber disso.

A atitude é típica de quem adora misturar a vida profissional com a pessoal. É óbvio que não tenho a obrigação de arrumar suas gavetas, mas qual estagiário ousaria recusar? Olhei-a com toda fúria ariana e deixei claro que o pedido será levemente empurrado com a barriga.

Não é orgulho. Cansei de ir buscar cafezinho, ser babá de sua netinha e dar uma de sexóloga em suas crises conjugais. Não gosto de ter intimidade com colegas de trabalho e detesto perder tempo com coisas banais. Além disso, o meu espaço de trabalho é tão organizado que posso encontrar qualquer coisa de olhos fechados. Cada um tem o seu jeito: não existe o certo ou o errado. Inadmissível é atribuir a outra pessoa uma responsabilidade que é apenas sua.

Ao chegar em casa, me joguei no sofá e devorei um monte daquelas pipocas doces do pacote rosa. Mastiguei os grãos amargos como se fossem de mel. Não é assim que vivemos, dia após dia?

Lição de hoje: um dos maiores desafios da vida é construir um belo castelo com as pedras que surgem pelo nosso caminho.

Beijokas e pipokas!

Um dia de chorar de rir

22 fev

A vida me ensinou que todo início deve ser assim: tímido e despretensioso.

De uns tempos pra cá, tenho sentido a necessidade de escrever sobre o meu dia-a-dia profissional. Talvez seja esta a forma que encontrei para entender os extremos que me dividem: a paixão e a insatisfação. A minha sorte é que quando rolam atritos mais sérios, elas param, sentam e discutem a relação.

Hoje, em especial, foi um dia incomum: do tipo light que não tenho há meses. Nada de homologação de sistemas e revisão de textos esdrúxulos. Também não precisei fazer cara de bolinho ao ouvir a chefe falar mal dos outros. O dia foi todinho meu e do furúnculo nojento que me apareceu na perna.

Ansiosa, a bobinha aqui teve a doce ilusão de receber o notebook recém-comprado na Americanas.com. O problema é que a loja insiste em enviar o Noturno para outras cidades. Aliás, deixo aqui um pedido: quero o registro fotográfico dos lugares que ele conheceu, como no filme O Fabuloso Destino de Amélie Poulain. Igualzinho ao que o pai de Amélie recebeu quando seu pequeno anão de jardim fez uma inexplicável volta ao mundo.

Com o passar das horas, a rua deserta e sem vida tornou-se cada vez mais movimentada. O vai-e-vem de carros logo me irritou, mas três ligações para o SAC tiveram o efeito tranquilizante de um chá de camomila. Fiquei tão calminha que, na última conversa, a atendente realmente conseguiu me emocionar: ela prometeu que o Noturno chegará em breve e com segurança.

Beijokas e pipokas!