Margaridas: delicadas e super resistentes

11 maio

MargaridasNão resisto a um belo arranjo de flores dentro de casa. Seja na mesa da cozinha, no rack da sala e até mesmo sob o armário do banheiro. Acho que as flores ajudam a energia a circular melhor pela casa, além de tornar o ambiente mais leve, mais agradável.

As margaridas são a minha última descoberta de todos os tempos. São bonitas, alegres e, o melhor, duram muuuuuuuuuuuuuuuuito tempo!! É sério, elas são minhas preferidas no quesito durabilidade. Se você trocar a água do vaso diariamente, elas podem sobreviver intactas por mais de duas semanas. Então, fica a dica: as margaridas são uma ótima opção de plantas para ambientes internos.

Bom dia, Câncer!

11 maio

Hoje acordei com os olhos inchados de tanto chorar, mas quando abri as janelas encontrei um belo dia de sol. Lavei o rosto com água gelada e imediatamente toda a tristeza escorreu pelo ralo. Eu posso até me sentir fraca em algumas circunstâncias, mas não tenho dúvidas de que sou muito mais forte que você.

Depressão felina. Será?

5 abr

"mamaim axa ki eu xô artixta"

Faz dois dias que trouxe o Chaplin para o nosso ap e o bicho vive deprimido e solitário pelos cantos. Aquele gatinho alegre, tagarela e brincalhão está completamente irreconhecível. Assustado, sem curiosidade de explorar a casa nova e completamente amedrontado, só quer saber de ficar escondido ora atrás da geladeira ora em cima dos armários da cozinha. Além disso, faz greve de fome. Só quis saber daqueles biscoitinhos de compensação. Hoje, com muito custo, comeu seu mamãozinho pela manhã. Se continuar assim, vou ter que levá-lo ao vet.

Na primeira noite, o gatinho miou o tempo in-tei-ro. Na segunda, deu um desconto. Mas nos acordou várias vezes com aquele miado super assustado e estridente. Já tentei brincar com ele no arranhador, já dei colinho, já dei aquela escovada gostosa que ele a-do-ra. E o Chaplin continua deprê. Como pode um animal sentir tanto a falta de alguém? Só pode ser isso. Ele sempre foi muito apegado ao meu pai, com quem passava todos os dias brincando pra lá e pra cá num quintalzão imenso, cheio de plantas e “calangos” pra ele caçar. E ainda tem gente que tem a coragem de dizer que o gato não é amigo do homem… Papai também está sentido. Já me ligou quinhentas vezes querendo saber notícias do pequeno “Charles”. Na última, até, quis negociar um esquema de revezamento para o pobre gato. Uma semana lá, no quintalzão, outra aqui, no ap. Será essa a solução?

"maix ki xuninhu goixtoju"

Eu também não posso querer que o bicho se adapte a uma nova casa em apenas dois dias, eu sei disso. Mas pensei que ele ficaria feliz perto de mim e, no entanto, estou percebendo que o Chaplin nunca esteve tão infeliz em 1 ano e 8 meses de vida. Me dá uma peninha dele… Mas também, por outro lado, acredito que com a chegada da Fifi – a sua irmã – ele ficará mais contente. Pelo menos terá uma companhia felina para explorar seu novo território. Ela ainda não veio porque é, digamos, bem mais arisca do que o Chaplin. Da próxima semana não passa.

O pior é que ele continua com a síndrome de “gato-despertador”. E eu não aguento mais acordar às 5h da manhã com o som dos miados desesperados do Chaplin. Não sei mais o que fazer. Alguém pode me dar uma dica? É um pedido de socorro.. rs

"a caminha da mamaim eh maix goxtoja ki a minha"

Beijim!

A dificuldade de comprar um ventilador de teto

2 abr

Como é difícil comprar um ventilador de teto!! A maioria dos produtos são peças de design que não desempenham bem sua função principal, a de refrescar o ambiente. Também não tenho interesse em instalar um split no meu apartamento porque simplesmente não estou afim de utilizar o arcondicionado 24 horas por dia. Além de não ser nada econômico, é anti-ecológico.

Embora eu não seja a Srª Ecologicamente Correta Saraiva de Oliveira, sempre que possível, gosto de optar por alternativas sustentáveis. Lembra daquela história do beija-flor que tenta apagar o incêndio na floresta? É a força dos  pequenos gestos. É isso que me motiva a gastar o triplo do preço em um detergente biodegradável ou a simplesmente enlouquecer o meu Príncipe com o estoque de copinhos de requeijão que, insisto, um dia transformarei em terrários ou porta-velas.

Ainda não consegui comprar, nem sequer escolher, os modelos. Ao contrário dos circuladores de ar, que possuem uma diferenciação maior em relação à potência, tamanho, marca, design e acabamento, os ventiladores de teto são muito similares. É possível avaliar os materiais de acabamento (pás em mdf, policarbonato e, até mesmo, rattan), as rotações por minuto (em geral, variam de 170 a 420) e a área de circulação (já vi de 20m² e até de 25m²). Bom, amanhã vou dar um pulo lá na famosa Rua dos Lustres, em Benfica, para tentar chegar a alguma conclusão.

Quer saber qual é o melhor circulador de ar do mercado?

Circulador de Ar Britânia C50 Turbo de 50cm! Resposta rápida, curta e grossa, sem pensar duas vezes.. rsrs É sério, pode esquecer os modelos da Arno, Mallory, Venti Delta e etc. O da Britânia é o único capaz de provocar aquele vendaval que você merece no conforto do seu lar. A velocidade mínima do aparelho corresponde à máxima que um ventilador de teto pode alcançar. Pesquisei muuuuuuuuuito antes de comprar e posso afirmar, feliz e contente, que esta foi a melhor compra doméstica que fiz nos últimos tempos! Seu único ponto negativo é o barulho. O bichinho venta, mas chora!! rs O preço varia entre R$ 170 e R$ 200, compare no Buscapé! Vale muito a pena. Fica aí a dica! =)

Beijim,

Magalice

Lembranças de Itaipuaçu no meu jardim

1 abr

No início da semana, tive o prazer de (re)conhecer a Praia de Itaipuaçu, em Maricá-RJ. Tenho um carinho especial por aquele lugar, pois lá vivi meus primeiros anos de vida. Foi difícil controlar a emoção diante de tantas lembranças, mas confesso que o pior mesmo foi encontrar o lugar em condições tão precárias.

Itaipuaçu está perdida no tempo. As ruas continuam sem asfalto, completamente esburacadas. O terminal rodoviário até hoje não foi construído. Nem a coleta de lixo funciona. Cadê a Prefeitura de Maricá, que arrecada impostos altíssimos de Itaipuaçu?

O mais divertido do passeio foi contemplar a imensa variedade de plantas e flores cultivadas no local. Há uma infinidade de hibiscos, bouganvíleas, palmeiras, manacás-de-cheiro, amor-agarradinhos, buxinhos e etc. Fiquei doida!!! Essas espécies se dão muito bem por lá.

É claro que tive que trazer umas mudinhas pra minha varanda. Elas estavam me chamando!! Trouxe maria-sem-vergonha, onze-horas e bela-emília. Essas espécies gostam de sol, estão sempre floridas e são super fáceis de cuidar. Ou seja, perfeitas pra minha varanda!

Maria-sem-vergonha

Onze-horas

Bela-emília

Logo após a chegada das meninas, preparei um vaso especial para cada uma delas, com argila expandida (aquelas bolotinhas marrons) e terra adubada. Plantei estacas de onze horas para produzir mais mudas. Elas não têm mistério: é só quebrar os galhinhos em várias partes e enterrar uns 2cm. Como pertence à família das suculentas, a onze-horas não gosta muito de água. Então, é bom ter cuidado para não encharcar a plantinha.

A maria-sem-vergonha me deixou tão desavergonhada que vesti minha cara-de-pau e trouxe-a com raiz e tudo! rsrs Foi mais fácil plantar. Agora, quanto à bela-emília… ah! estou completamente apaixonada por essas florzinhas azuis!!!!!! Ela é uma espécie de trepadeira com galhos semi-lenhosos que ficará linda contornando as grades da minha varanda. Preparei as estacas e tô torcendo pra elas vingarem. Vejam só que belezura:

Foto: André Masini

São flores tão lindas e rústicas quanto a bela Praia de Itaipuaçu. Uma doce lembrança para encher meu jardim de alegria.

Beijim,

Magalice

Bambu mossô: uma verdadeira escultura viva

25 fev

Se você quer deixar sua sala de estar ainda mais charmosa e aconchegante, o bambu mossô é uma ótima opção. Suas formas tortuosas, moldadas sob intervenção humana, lhe conferem uma beleza exuberante.

O cuidado básico para ter um bambu saudável é mantê-lo num local bem iluminado, seja sob sol pleno ou até num ambiente interno. A grande vantagem é que ele se adapta muito bem a qualquer tipo de clima. Seu cultivo depende de um solo fértil, regas constantes e correta adubação. O ideal é seguir à risca as recomendações do fornecedor.

Antes de comprar o seu bambu mossô, verifique se ele está “descansado”. Esta é a condição ideal para levá-lo pra casa, pois o bambu já terá passado por um processo de adaptação depois de ser retirado do seu local original.

Beijokas e pipokas!

Foto: Meu Cantinho

Concurso UFRJ: Ranking – Revisor de Texto

24 fev

Amigos concurseiros,

O resultado preliminar da prova objetiva do concurso público da UFRJ para o cargo de Revisor de Texto foi divulgado ontem e só veio a confirmar aquilo que já sabíamos: a disputa seria acirrada. No total, foram 674 inscritos para disputar duas solitárias vagas. Fiquei de fora, mas torço para que venha logo a próxima batalha.

Ah! Já ia me esquecendo… Fiz uma tabela com o ranking preliminar dos aprovados no Excel. Acesse aqui!

Parabéns aos classificados!

Beijim,

Magalice